Esqueça de lembrar

peixe_dory_nemoCerto dia, passeando no shopping com uma amiga, encontrei um carinha com quem eu saí algumas vezes, a muito tempo atrás. Ele me cumprimentou, e eu cumprimentei-o de volta, educadamente. Ao ver a cena, minha amiga falou, horrizada:

-Como é que você fala com ele depois de tudo que ele fez contigo?

Pensei, pensei, pensei, e respondi:

-O que foi que ele fez comigo?

Simplesmente não lembrava. Parece estranho, mas eu sofro da Síndrome da Memória Fraca. Acho que devo ter no máximo 0,5 megabytes de memória armazenada. O que seria péssimo se eu fosse um pen drive. Sabe aquele constrangimento de se apresentar três vezes para a mesma pessoa? Acontece o tempo todo. Assim como pessoas, isso se aplica a números, caminhos, datas, piadas, histórias, etc. Acho que elas vão para algum lugar no meu cérebro junto com todas as Coisas Que Me Contaram e eu Esqueci.

A verdade é que minha memória é seletiva. De alguma forma, ela filtra o que eu inconscientemente quero lembrar, e esquece o que eu, incoscientemente, quero esquecer. O lado bom disso tudo é que eu consigo abstrair certas coisas, relevar, esquecer, perdoar. Não porque eu sou uma boa pessoa, mas simplesmente porque eu não me lembro delas. E nem faço questão de lembrar. O que importa o que o carinha aprontou comigo a dois anos atrás? Passou, esquece.

Os humanos deviam ser como os peixinhos dourados, com apenas três segundos de memória. Porque depois de uma volta no aquário, é como se tudo fosse novidade. Isso me lembra a frase daquele filósofo de quem eu acabei de esquecer: felicidade é ter saúde boa e memória ruim.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s